Curiosidades

Meu TOP 3 Games de 2020

Para iniciar a temporada 2020 do Glitch, vou aproveitar para responder uma das perguntas que eu mais ouço quando digo que tenho um site de games; expectativas do ano. Mais especificamente, quais são os três jogos que eu mais estou ansioso para este ano, independente de plataforma. Embora eu seja adepto do PC Master Race, isso não foi um fato relevante para a escolha desses jogos, e sim, minha história pessoal e sentimental.

Tales of Arise

Revelado durante a conferência da Microsoft na E3 2019, o trailer de Tales of Arise traz um tom mais sombrio e maduro se comparado a outros títulos da série, e nos mostra dois personagens de “facções distintas” que se aventuram lado a lado, de forma complementar, tanto em personalidade quanto habilidades.

Ainda que tenhamos tido pouco acesso a cenas reais de gameplay, sem UI ou comandos, a expectativa é que o jogo se mantenha nos mesmos trilhos de títulos anteriores, com forte ênfase no combate estratégico, tanto do jogador quanto dos aliados controlados por IA.

Mas o detalhe que mais me chamou a atenção neste trailer é a qualidade gráfica. Carregando o estilo cel-shading, popular na série, os gráficos receberam um grande overhaul, criando uma experiência mais realista e profunda. Isso abre as portas para jogadores que procuram RPGs, mas que nunca se interessaram antes por causa do estilo anime.

Sem data de lançamento, o jogo será lançado em algum momento de 2020 e estará disponível para PC, PS4 e XOne

Final Fantasy 7 Remake

Depois de refazer o texto sete vezes, cheguei a conclusão que é difícil expressar os motivos pelo qual estou ansioso por Final Fantasy 7 sem escrever diversos parágrafos ou ser demasiadamente fanboy. Eu amo essa série e amei todos os sub-produtos que se originaram a partir dele; Advent Children, Crisis Core, spin-off em Dissidia ou FFT, etc. Então mesmo que o jogo acabe sendo ultra ruim, eu vou acabar comprando. Sei que isso não é muito legal de ler, considerando que represento um site de reviews, mas todo mundo é apaixonado por alguma coisa que seja, não é mesmo?

Estou particularmente interessado na jogabilidade do jogo, querendo muito testar o modo mais orientado para ação em tempo real com menu em camera lenta. A proposta de fazer um segundo modo, que lembre o velho estilo por turno, também parece ser super interessante, definitivamente completarei o jogo duas vezes! Outro detalhe que estou curioso é a trilha sonora; será que teremos mais faixas novas, tão excitantes quanto essa, ou serão apenas versões mais atuais das principais trilhas originais. 

Seu lançamento foi adiado para 10 de abril e será lançado exclusivo para PS4. Considerando que outros FFs foram lançados para PC, não duvidaria que o Remake do 7 também fosse, embora eu acredito que vá demorar muito tempo ainda.

Cyberpunk 2077

Se FF7 é uma compra garantida apenas pelo meu amor ao jogo, Cyberpunk 2077 é o exato oposto, uma aquisição baseado na qualidade de entrega que só a CD Projekt Red consegue. Quer dizer, eu sei que projetos anteriores não são garantias de qualidade, mas dado todo o carinho que The Witcher recebeu nos últimos anos, é algo a se considerar.

Sendo super fã de FPS e de temáticas de ficção científica, Cyberpunk 2077 já tem o suficiente para me deixar “hypado”. Além disso, o jogo conta com diversas características que impressionam qualquer um; universo vivo e imersivo, implantes cibernéticos que aprimoram o personagem, liberdade de escolha para executar as quests e… Eu já mencionei Keanu Reeves?

Um detalhe que me deixou super animado e ansioso é o quanto a cidade parece viva e culturalmente rica, mesmo de manhã. Até então, Cyberpunk era sinônimo de vida noturna repleta de LEDs e neons, mas aqui, conseguimos ter a mesma percepção, mesmo sob o escaldante sol do meio dia. Todo o esforço coletivo que está sendo colocado para criar uma cidade imersiva é impressionante. Outro ponto do jogo que me deixa bastante animado é a possibilidade de resolver conflitos de diversas formas diferentes, na porrada, na lábia ou qual até através de uso inteligente de mecânicas do jogo. 

Recentemente adiado para 17 de setembro, Cyberpunk será lançado para PS4, XOne e PC.

Popularmente conhecido como Koala, Guilherme tem 29 anos, trabalha com redes sociais, adora games e acha muito estranho se descrever na terceira pessoa.
Ad

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top